Home  |   My Store  |   My Creative Team  |   My Newsletter  |   Email  | 

30 de mai de 2005

DESEJOS

Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame, E que amando, também seja amado. E que se não for, seja breve em esquecer. E que esquecendo, não guarde mágoa. Desejo, pois, que não seja assim, Mas se for, saiba ser sem desesperar. Desejo também que tenha amigos, Que mesmo maus e inconseqüentes, Sejam corajosos e fiéis, E que pelo menos num deles Você possa confiar sem duvidar. E porque a vida é assim, Desejo ainda que você tenha inimigos. Nem muitos, nem poucos, Mas na medida exata para que, algumas vezes, Você se interpele a respeito De suas próprias certezas. E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo, Para que você não se sinta demasiado seguro. Desejo depois que você seja útil, Mas não insubstituível. E que nos maus momentos, Quando não restar mais nada, Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé. Desejo ainda que você seja tolerante, Não com os que erram pouco, porque isso é fácil, E que fazendo bom uso dessa tolerância, Você sirva de exemplo aos outros. Desejo que você, sendo jovem, Não amadureça depressa demais, E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer E que sendo velho, não se dedique ao desespero. Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e É preciso deixar que eles escorram por entre nós. Desejo por sinal que você seja triste, Não o ano todo, mas apenas um dia. Mas que nesse dia descubra Que o riso diário é bom, O riso habitual é insosso e o riso constante é insano. Desejo que você descubra, Com o máximo de urgência, Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos, Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta. Desejo ainda que você afague um gato, Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro Erguer triunfante o seu canto matinal Porque, assim, você se sentirá bem por nada. Desejo também que você plante uma semente, Por mais minúscula que seja, E acompanhe o seu crescimento, Para que você saiba de quantas Muitas vidas é feita uma árvore. Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, Porque é preciso ser prático. E que pelo menos uma vez por ano Coloque um pouco dele Na sua frente e diga "Isso é meu", Só para que fique bem claro quem é o dono de quem. Desejo também que nenhum de seus afetos morra, Por ele e por você, Mas que se morrer, você possa chorar Sem se lamentar e sofrer sem se culpar. Desejo por fim que você sendo homem, Tenha uma boa mulher, E que sendo mulher, Tenha um bom homem E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, E quando estiverem exaustos e sorridentes, Ainda haja amor para recomeçar. E se tudo isso acontecer, Não tenho mais nada a te desejar.

Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 12:15:00 | Permalink | 0 comments
26 de mai de 2005
.
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 11:16:00 | Permalink | 0 comments
23 de mai de 2005

Anjo Posted by Hello
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 07:33:00 | Permalink | 1 comments
Um anjo escreveu Muitas pessoas entrarão e sairão de sua vida, Mas apenas os amigos verdadeiros deixarão pegadas em seu coração. Para manejar você mesmo, use sua cabeça; Para manejar os outros, use seu coração. Se alguém te trair uma vez, a culpa e dele; Se ele te trair uma segunda vez, a culpa e sua. Mentes grandes discutem idéias; Mentes medianas discutem eventos; Mentes pequenas discutem pessoas. Deus dá alimento a todos os pássaros, Mas Ele não joga no ninho. Aquele que perde dinheiro, perde muito; Aquele que perde um amigo, perde mais; Aquele que perde a Fé, perde tudo. Pessoas jovens e belas são obra da Natureza, Pessoas idosas e belas são obra de Arte. Aprenda com os erros alheios. Você não conseguiria viver tempo suficiente para comete-los todos sozinho A língua pesa praticamente nada, mas poucas pessoas conseguem segurá-la. Amigos, eu e você... Trouxestes outro amigo... e agora somos três... nós começamos o nosso grupo... nosso círculo de amigos... e como este circulo, não tem começo nem fim.
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 07:17:00 | Permalink | 0 comments
22 de mai de 2005
Gotas de Esperança Que em cada amanhecer do seu dia; Nasça uma flor.... Que cada sorriso teu; Seja as pétalas que tornam essa flor mais completa... Que cada pensamento positivo; Seja o caule que a sustenta.... Que cada passo para vitória; Seja a terra que a alimenta..... Que cada gesto teu; Seja o sol que fornece energia, E que o brilho dos teus olhos; Seja a beleza e a simplicidade desta flor....
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 11:30:00 | Permalink | 1 comments
21 de mai de 2005
A Busca Longamente peregrinei através de muitas vidas por muitas terras, entre muitos povos em busca da meta que não conhecia. Carreguei o pesado fardo de muitas posses, das riquezas do mundo, dos confortos que fazem a estagnação. Prostei-me ante os altares dos santuários que encontrei à margem da estrada e os deuses me recusaram a meta que pretendia. E na magia das palavras e na embriaguez do incenso permaneci obrigado nas sombras entre as paredes do templo. Criei filosofias e credos, complicadas teorias de vida. Entranhei-me das criações intelectuais do homem com elas me engrandeci em arrogância. Tão súbito quanto a tempestade desaba, vi-me nu, esmagado pela agonia de coisas transitórias. Como as terras do deserto sem sombras assim se tornou minha vida. Vi e me ouvi eremita. Livra-te da estreiteza de tuas tradições, convenções, hábitos, sentimentos de posse. Como o homem que não tem ouvidos, és surdo para a música melodiosa. Como homem que não tem olhos, és cego para o esplendor do crepúsculo. Como o mergulhador que desce ao fundo do mar arriscando a vida pelo gozo transitório, deves tu também penetrar fundo em ti mesmo. Como o audaz alpinista que conquista os altos cumes, deves tu também ascender àquela altura vertiginosa, de onde todas as coisas são vistas em suas verdadeiras proporções. Como o lótus que, rompendo o lodo, ao céu se eleva deves tu também arredar todas as coisas transitórias se queres descobrir tua força oculta para enfrentar as viscitudes do mundo. Como a rápida corrente conhece sua nascente. Como a trilha tortuosa da montanha, descortina a cada instante vistas novas, assim também em ti há uma revelação constante a cada experiência de encontro. Como o mar encerra uma multidão de seres vivos, em ti fazem segredos de todos os mundos. Perscruta tuas próprias profundezas com os olhos límpidos se queres perceber todas as coisas. Como o lago tranqüilo que reflete o céu, assim deverão os homens e as coisas em ti se refletir. E como o rio misterioso que no largo mar se lança adentro me lancei no mar da libertação. (Krishnamurti)
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 20:35:00 | Permalink | 1 comments
20 de mai de 2005
Desejo ou Saudades? Mais que desejo, tenho saudades. Será? Ou será que tenho mais desejos do que saudades? O que será que eu tenho afinal? Será um misto dessas emoções de alma que me confunde? Acho que os dois em proporção infinita: desejo E saudades. Saudades E desejo. Os dois juntos, como mãos harmônicas ao piano da vida. Você, pessoa tão pequenina, tão enorme dentro de mim. Maior do que meu coração. Maior do que a minha existência. O que menos queria é te magoar, ah, não, isso não. Se fosse isso, era preferível nem existir. Já que não posso nem sequer te beijar quando desejo, Só me restam saudades de te querer em mim quando me imagino existindo. Já nem e não sei o que digo. Já nem e não sei o que sou. Já nem e não sei quem sou ou a que é dado tudo isto-isso: se a vida tem significado, ou se este é o significado da vida. Se eu soubesse que a vida seria este seu olhar repousando sobre o meu, teria vindo aqui só para isso. Mesmo que desaparecesse - logo depois - para o eterno sempre. Eu teria vivido esse átimo infinito do teu olhar. Eu teria bebido essa bebida infinita do teu sorrir. E teria derretido todo nesse nosso prazer gostoso de existirmos. Só sei que você me faz feliz. Muito além de mim. O que vocês acham?
Image Hosted by ImageShack.us

"Deus, dê-me serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; Coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para saber a diferença entre as duas; Vivendo um dia de cada vez; apreciando um momento de cada vez; Aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz ."

Bookmark and Share
 
posted by Oneide Volkmer at 20:58:00 | Permalink | 0 comments


Image Hosted by ImageShack.us